Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.

October 29 2013

12:44

Libertando uma mãe do altar (NSFW)

leigh ledare mom 2

Leigh Ledare passou 1 ano e meio sem ver sua mãe Tina Peterson. Quando voltou para casa SURPRESA! Tina o recebeu completamente nua, sem esconder que estava acompanhada de um namorado. Segundo Leigh, essa foi a maneira dela demonstrar que tinha recuperado a autoestima.

leigh ledare mom 1

Entre 2000 e 2008, Leigh tirou fotos de sua mãe nessa fase boa da vida, aos 50 anos, transando e sendo feliz. Quem deu a ideia foi ela.

leigh ledare mom exposition

As imagens agora formam a exposição Pretend You’re Actually Alive que, neste momento, faz parte de uma exposição maior chamada Duras Verdades: Fotografia, Maternidade e Identidade, que pode ser conferida na Photographer’s Gallery, em Londres. E o povo não consegue passar batido pelas imagens. Todo mundo comentando, da New Yorker até a gente (humildemente, claro).

leigh ledare mom hotlicks

leigh ledare mom 3

leigh ledare mom 5

leigh ledare mom 6

leigh ledare mom 12

leigh ledare mom 14

leigh ledare mom 10

leigh ledare mom 4

leigh ledare mom 7

leigh ledare mom 8

leigh ledare mom 15

Nosso mundo recheado por mulheres peladas tá beleza. Mas ver que uma dessas mulheres é uma mãe, sua mãe, sua mãe transando… tem gente que tá lendo, vendo e sentindo um mal estar. Tudo bem, você não é o único.

Leigh Ledare não deu entrevistas, mas deixou um bilhetinho:

“Eu vejo o desempenho da sexualidade de minha mãe como tendo uma série de funções, entre elas, desafiar o clima de moralismo e conformismo em torno dela, como uma forma de proteger-se do seu envelhecimento”.

Leigh e Tinaleigh ledare mom 13

Um bilhetinho de Tina

leigh ledare mom 11

July 01 2013

21:51

AÍ-SIM :: O erotismo fantástico de Apollonia Saintclair

tent

Conheça as ilustrações estranhamente provocantes da artista Apollonia Saintclair.

tumblr_mmme6rFu8K1rojfyfo1_1280

tumblr_mmi1bn9u5D1rojfyfo1_r1_1280

tumblr_mmddoqSSMv1rojfyfo1_1280

tumblr_mlzn6hFR9m1rojfyfo1_1280

tumblr_mmyozu0Rxu1rojfyfo1_1280.jpeg

Em imagens preto-e-branco, Saintclair apresenta situações esquisitas, misturando mulheres e animais em um erotismo fantástico. A enigmática artista afirma: “A tinta está em meu sangue. Eu desenho para o meu próprio bem e por prazer. Residente antiga do Velho Mundo, eu divido meu tempo entre a cozinha e o estúdio.”

tumblr_mmdarbVRwE1rojfyfo1_1280 copy

apol

tumblr_mnaqkpKFZT1rojfyfo1_1280

tumblr_motdot77wk1rojfyfo1_1280

tumblr_mo5gn2fjEH1rojfyfo1_1280

tumblr_mp2o4gkKSV1rojfyfo1_1280

tumblr_static_20121220_asc_logo_pistilli_800_px

tumblr_moeqrvikm91rojfyfo1_1280

tumblr_mo9n3yF0Y91rojfyfo1_1280

tumblr_morinlGD921rojfyfo1_1280

tumblr_moqzm64UyN1rojfyfo1_1280

tumblr_mp11yjYvJV1rojfyfo1_1280

tumblr_mov9xdMrvR1rojfyfo1_1280

tumblr_mo3hzk0W3T1rojfyfo1_1280

tumblr_moy1bbuhCD1rojfyfo1_1280

| via

June 20 2013

04:01

AÍ-SIM :: O deliciosamente grotesco

hotel 2

De monstros antropomórficos, passando por orgias de membros embaralhados e situações pictóricas inquietantes, o artista Till Rabus provoca o olhar em suas pinturas hiperrealistas.

Viandesousvide

Voodoo 1

Os trabalhos de Rabus atraem não somente pelas cores e composições, mas pelo curioso aspecto de sensualidade que existe nas suas obras.

été 2005

Culotte

Capotes dans WC public

Caradisiac n°6

hotel 1

Monstre

| via

May 17 2013

22:49

AÍ SIM :: Fotografias de Ren Hang

2011 32

As imagens do fotógrafo chinês Ren Hang são cruas e altamente sexuais, mostrando um lado sombrio e erótico da subcultura jovem da China contemporânea.

Ren-Hang15

Ren-Hang14

Ren-Hang18

Seu trabalho não é bem visto em seu país, onde é altamente censurado, mas Hang tem apresentado uma crescente notoriedade em mostras internacionais. As fotos selecionadas aqui são mais leves e discretas comparadas às fotografias de seu site, que exploram temas como fetiche, homossexualidade e voyeurismo em muitas imagens explícitas.

Ren-Hang17

Ren-Hang19

sometimesalwaysrenhang23

renhang3

sometimesalwaysrenhang6

renhang2

renhang5

 

Ren-Hang11

Ren-Hang13

Ren-Hang12

Ren-Hang6

renhang

2011 26

2011 56

Ren-Hang10

 

| via

August 08 2011

20:43

Aí siiiim! | Salvador Dalí e a Playboy de 1973

Há tempos eu estou com vontade de fazer uma seção que tratasse de arte e erotismo. Para descarregar meus quilômetros de pesquisa e paixão pelo o assunto, eu fiz um tumblr, mas ali muita coisa se perde, não dá pra contar histórias, é meio sem graça.

Mas ao mesmo tempo confesso que fiquei completamente assustada com o ataque da galera da TFP* (tradição-família-e-propriedade) num post da seção “Você não desenha nada!”, em que as ilustrações eróticas Art Nouveau de Franz von Bayros provocaram tanta ira no nego, que ele se fez passar por um fiscal da polícia federal, me ameaçando de crime de pedofilia. Eeeerrrr, ok. Você vai entender melhor vendo o post, mas se quiser ver o que espantou ele, está aqui.

O velho deitado diz que a maldade está nos olhos de quem vê. Eu vi um desenho lindo, ele viu pedofilia. Enfim.

Mas voltando à minha preocupação inicial, ela é maior no que concerce a formação de um artista em si, ou mesmo de alguém que se diz “um admirador das artes”. Negar todo o legado da arte erótica, ou até mesmo da pornográfica, é quase como negar a própria sexualidade. Tem que ver isso aí.

E então, contrariando a TFP, começo hoje essa seção com uma frequência indefinida. Caso você venha pelo twitter e leia um “Aí siiiiim” antes do título post, é porque vai vir sacanagem pela frente, e se pega mal no trabalho, deixe para ver mais tarde.

Outra coisa que eu acho uma grande palhaçada: o fato da IdeaFixa ser bloqueada em muitas universidade porque o tema da primeira edição é Sexo. Tem coisas que não dá mesmo para entender…

Mas depois dessa minha mágoa de caboclo exposta, chega de enrolação e vamos falar do Dalí. Quem faz careta para arte erótica e diz que é fã do nego, simplesmente não entende ou não conhece nada além dos relógios derretendo no deserto. O erotismo sempre foi uma das forças motoras da obra desse suejto completamente doidão, e que, quase ninguém se lembrava, mas já fez um trabalho colaborativo para a Playboy de 1973.

Quando questionado sobre as composições bizarras e bem pouco comuns a uma revista masculina, Dali respondeu ambiguamente: “O significado do meu trabalho é a motivação do próprio – o dinheiro. O que eu fiz para a Playboy é muito bom, e seu pagamento está à altura da tarefa”.

Vi no facebook do Nelsinho, via Another Mag.

Tweet

 

Tags: 1973, aí sim, censura, erotismo, fotografia, playboy, salvador dali
Older posts are this way If this message doesn't go away, click anywhere on the page to continue loading posts.
Could not load more posts
Maybe Soup is currently being updated? I'll try again automatically in a few seconds...
Just a second, loading more posts...
You've reached the end.

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl