Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.

February 25 2014

19:38

February 11 2014

12:32

Filmes clássicos, cenários ilustrados

vertigo

Essa é a onda do arquiteto e artista Federico Barbina.

Barbina assiste filmes de uma forma um pouco diferente de um cidadão comum. Sua onda é ficar de olho nas linhas arquitetônicas, os detalhes da decoração, enfim, o cenário que abriga essas histórias clássicas. ARCHISET é o nome da série que você vê abaixo, com uma estética muito inspirada por Hope (Festim Diabólico), o meu favorito do Hitchcock.

breakfast-at-tiffanys

playtime

rope

modern-times

goldfinger

the-shining

the-party

north-by-northwest

the-end-of-violence

all-about-my-mother

barefoot-in-the-park

star-wars

bell-book-and-candle

clockwork-orange1

| via

January 30 2014

20:54

Arquitetura para cachorro

Picture 054

Kenya Hara é a fundadora principal do Hara Design Institute. O último projeto deles ‘Architecture for Dogs‘, é uma: “coleção sincera de arquitetura, que faz os cachorros e os seus donos bem felizes,” explica Kenya Hara.

13 contruções estão no projeto, todas elas desenhadas para raças específicas. Cada casa é desenhada por um arquiteto diferente, cuja estética única é representada em obras que complementam o tamanho e a personalidade dos cães e seus mestres.

dogs11

dogs09

dogs07

dogs06

Picture 213

NDC_Architecture for Dog

dogs02

dogs01

| via

16:59

Cidade das Artes

Esplanade16

Christian de Portzamparc criou a Cidade da Artes, situada entre o mar e as montanhas, no centro de 40 km de planícies, e onde fica situado o novo mais importante bairro do Rio de Janeiro: Barra da Tijuca.

A construção é uma pequena cidade contida em uma grande estrutura erguida e estabilizada em um vasto terreno.

A Cidade das Artes combina uma grande variedade de lugares: uma sala de concertos, uma sala para música popular, cinemas, estúdios de dança, várias salas de ensaio, lugares para exposições, restaurantes e uma biblioteca.

Esplanade15

Esplanade14

Esplanade13

Esplanade12

Esplanade11

Esplanade10

Esplanade09

Esplanade08

Esplanade07

Esplanade06

Esplanade05

Esplanade04

Esplanade03

Esplanade02

Esplanade01

| via

January 22 2014

17:47

Brasília revisitada

bsb

Fred Fernandes, um videomaker brasileiro, viu a capital do país de outro jeito.

Fugindo completamente da técnica time lapse tradicional, “Sektor B” oferece uma Brasília abstrata e caleidoscópica. O concreto se dissolve e a forma original baila até se codificar em outra. O efeito espelhado proporciona a desconexão da estrutura com o chão, a arquitetura de tudo que está em volta ganha um novo centro gravitacional, criando um novo espaço, um novo lugar e uma nova dimensão.

January 20 2014

18:08

Cursos no MAM

13

De semestre em semestre, o MAM oferece diversos cursos, que abrangem áreas de história e crítica da arte, fotografia e artes plásticas.

Os cursos são ministrados por renomados profissionais das respectivas áreas e têm como objetivo atender o público iniciante e especialista.

Algumas turmas começam agora em fevereiro e março, veja abaixo detalhes sobre os cursos de Museu, arquitetura e ambiente, Crítica de arte e, Fotografia e cidades.

thumbnail6

Museu, arquitetura e ambiente – com Magnólia Costa
Curso Teórico

Este curso investiga diferentes papéis dos museus nas sociedades contemporâneas. A análise da arquitetura de diversos tipos de museus é o ponto de partida para a abordagem das coleções e da maneira como elas são apresentadas ao público.

Segundas-feiras, das 18h15 às 20h
Público: adultos
Início: 03 de fevereiro
Duração: 07 aulas
Investimento: 02 parcelas de R$ 295,00

thumbnail5

Crítica de arte – com Magnólia Costa
Curso Teórico

Análise dos modelos historicista, formalista e inferencial de crítica de arte, seguida de discussão em grupo em torno de modelos contemporâneos e sua aplicabilidade na arte contemporânea.

Terças-feiras, das 18h às 20h
Público: adultos
Início: 04 de fevereiro
Duração: 14 aulas
Investimento: 04 parcelas de R$ 295,00

14

Fotografia e cidades: curso básico – com Marcello Vitorino
Curso Prático

O curso coloca o participante em contato com a cidade, utilizando a fotografia como ferramenta de visualidade e reflexão. Serão apresentados trabalhos de fotógrafos que transformaram a cidade em seus ateliês, além de referências da literatura e poesia urbanas, estimulando os participantes a iniciarem seus próprios ensaios. A proposta contempla iniciantes e iniciados em fotografia, com equipamentos básicos ou profissionais.

Sábados, das 10h às 12h
Público: adulto
Início: 08 de março
Duração: 14 aulas
Investimento: 04 parcelas de R$ 295,00

O MAM oferece também mais uma dezena de cursos de diversos temas, mais informações no site: www.mam.org.br/aprenda/cursos/

pola

January 16 2014

16:48

A casa invertida

enhanced-buzz-wide-32706-1389864635-7

Pode ser um pouco mais difícil de manter uma casa, se ela é construída de cabeça para baixo.

Os arquitetos por trás da casa invertida em Moscou, estudaram experiências internacionais e criaram seu próprio projeto, com soluções populares já usadas em outras atrações interativas. O interior da casa reproduz um clássico modelo suburbano europeu, com mobília padrão e um carro pequeno na garagem. A casa peculiar está em exposição no Centro de exposições Russo, em Moscou.

enhanced-buzz-wide-31897-1389864602-8

enhanced-buzz-wide-29680-1389864614-13

enhanced-buzz-wide-20817-1389864606-7

enhanced-buzz-wide-16225-1389864604-7

enhanced-buzz-wide-14055-1389864617-10

enhanced-buzz-wide-10157-1389864617-28

enhanced-buzz-wide-7268-1389864627-14

| via

December 16 2013

13:51

Fotografia de andaime

scaffolding1

Podemos ver por aí uma porrada de fotos de montanhas majestosas, cachorrinhos fofos, crianças felizes, mas de andaimes em construções é raro… até agora.

Scaffoldage é um Tumblr feito por Shaun Usher, que traz essas fotos históricas para a luz.

scaffolding2

scaffolding20

scaffolding15

scaffolding14

scaffolding13

scaffolding12

scaffolding11

scaffolding10

scaffolding9

scaffolding8

scaffolding7

scaffolding6

scaffolding5

scaffolding3

December 12 2013

18:47

Arquitetura de formiga

455974617_640

Um cara resolveu jogar alumínio líquido em um formigueiro desabitado. Veja só o que ele arranca de lá.

As maravilhas arquitetônicas da natureza.

November 19 2013

10:54

São Paulo – 5 Grandes Construções

SP_PREDIOS

Inspirados no vídeo “Chicago – Five Great Buildings” de Al Boardman, o pessoal da Monstro Filmes desenvolveu a animação ”São Paulo: 5 grandes construções”, que destaca a beleza das formas de 5 importantes edificações da cidade: Edifício Martinelli, Banespa, MASP, COPAN e Unique.

1

2

3

4

5

6

October 31 2013

16:32

O disco voador americano

Project-1794-Flying-Saucer-1-620x958

Não chegou.

O Avro Canada VZ-9 Avrocar era uma aeronave de decolagem e pouso vertical que fez parte de um projeto militar dos EUA,  realizado nos primeiros anos da Guerra Fria. Dois protótipos foram construídos como veículos-teste. O Avrocar provou ter problemas no impulso e estabilidade e foi deixado de lado. O projeto foi cancelado em setembro de 1961.

Project-1794-Flying-Saucer-2-620x777

Project-1794-Flying-Saucer-28-620x480

Project-1794-Flying-Saucer-27-620x480

Project-1794-Flying-Saucer-26-620x479

Project-1794-Flying-Saucer-25-620x441

Project-1794-Flying-Saucer-24-620x442

Project-1794-Flying-Saucer-23-620x800

Project-1794-Flying-Saucer-22-620x800

Project-1794-Flying-Saucer-21-620x442

Project-1794-Flying-Saucer-20-620x914

Project-1794-Flying-Saucer-19-620x443

Project-1794-Flying-Saucer-18-620x800

Project-1794-Flying-Saucer-17-620x440

Project-1794-Flying-Saucer-16-620x800

Project-1794-Flying-Saucer-15-620x800

Project-1794-Flying-Saucer-14-620x800

Project-1794-Flying-Saucer-13-620x800

Project-1794-Flying-Saucer-12-620x863

Project-1794-Flying-Saucer-11-620x439

Project-1794-Flying-Saucer-10-620x488

Project-1794-Flying-Saucer-9-620x784

Project-1794-Flying-Saucer-8-620x496

Project-1794-Flying-Saucer-7-620x784

Project-1794-Flying-Saucer-6-620x493

Project-1794-Flying-Saucer-5-620x439

Project-1794-Flying-Saucer-4-620x494

Project-1794-Flying-Saucer-3-620x441

| via

September 24 2013

23:02

Inquietação ruiva

aliceanderson1

São 10 anos que Alice Anderson dedica ao seu cabelo ruivo. A poética do fio, já experimentada pela figura grega de Ariadne, de Creta, quando teceu a linha que orientaria Teseu para fora do labirinto do Minotauro, foge para além da mitologia e alcança um caso de amor nas instalações da artista.

aliceanderson2

Como é sabido, há fetiche e tabu em cima dos cabelos ruivos, isso se deve a alguns fatos históricos e míticos. Os grandes pecadores bíblicos eram ruivos: Maria Madalena, Caim, Judas e Salomé…

aliceanderson9

Nos séculos 16 e 17, bastava apresentar essa cor de cabelo para ser condenado à fogueira como bruxo.

aliceanderson7

Já li que a própria Cleópatra talvez o fosse, dado que pintava seu cabelo com henna para esconder as cores que remetem ao inferno. Sem falar da teoria de Lilith, a primeira esposa de Adão, que virou serpente para seduzir Eva…

aliceanderson5

O rutilismo traz sempre essa associação avessa às normas, exatamente como Anderson gosta de se colocar com sua obra.

aliceanderson8

A biografia de Alice Anderson é a grande responsável por toda essa inquietação vermelha: pais separados e uma infância passada entre Argélia e França, quando esperava pela chegada da sua mãe e ia envolvendo seu próprio corpo em fios de roupa, posteriormente trocados por cabelos de boneca.

aliceanderson19

“O cabelo representa um papel cultural importante e funciona como um significante de gênero e sexualidade. Quando eu produzo uma “arquitetura” em um espaço feito de cabelo de bonecas, estou orquestrando um gesto íntimo, que apresento em grande escala” – disse à Dazed.

aliceanderson12

Desde 2011, quando envolveu o edifício do Freud Museum com fios de cobre, seu trabalho tomou um rumo inesperado.

aliceanderson4

aliceanderson4b

A cristalização de memórias e objetos com fios que lembram seu cabelo agem como processo proposital de mumificação e progressões geométricas, responsáveis por tornar Anderson uma artista que interfere no ambiente, no objeto, na dança e na performance com expressões autobiográficas.

aliceanderson13

aliceanderson14

Para ela, a ação do enrolar está atrelada aos gestuais das “danças xamânicas”, mostrando que são muitas as narrativas possíveis sobre obras voltadas ao tecer.

aliceanderson3

Sua instalação mais conhecida recebeu o nome de Rapunzel: mais de 3 mil metros de cabeleira acobreada apresentada em 3 museus franceses em 2009.

aliceanderson11

Mas nada de conto de fadas, como se vê. Anderson gosta mesmo é de David Lynch e Hitchcock. Nem sempre as bonecas estão muito longe das garotas-problema…

aliceanderson18

aliceanderson17

aliceanderson6b

| Agradecimento: Flávia Abbud
| Mais sobre Alice Anderson na Saatchi

September 17 2013

15:34

desafiando a gravidade nos parques de diversão

“A Gravidade é um erro, e trabalhamos duro para corrigir isso” Dr. Laslowicz

centrifuge_2

Nesse documentário, ou melhor mockumentário, o diretor Till Nowak apresenta seu personagem, o Dr. Laslowicz.
Ele é um engenheiro que cria brinquedos para parques de diversão explorando os limites da gravidade e adrenalina.

o filme The Centrifuge Brain Project, brinca com a linguagem documental e mostra toda trajetória do cientista através dos seus experimentos. do fracasso ao triunfo.

os experimentos vão desde uma Roda-Gigante com ciclos de 14 horas á  uma espécie de Twister com assentos expansivos…

O ponto alto do filme, é o design e  as incríveis intervenções de computação gráfica nos videos dos experimentos. Á primeira vista, eles deixam de boca aberta.

Mas por trás da brincadeira do documentário fake, existe uma idéia muito foda de inquietação e o desejo de desafiar o real. como diz o fake-doutor, Desafiar a gravidade é lutar contra forçar que nos prendem á realidade. 

é uma puta metáfora pro nosso dia-a-dia criativo.

Os caras também criaram um site para o insituto de pesquisa do Dr Laslowicz, o Insitute of Centrifugal Research haha e o melhor é que rolam as plantas de cada um dos experimentos. muito foda!

centrifuge_plan_high-altitude

centrifuge_plan_schwingmaschine

confiram aí o mini-doc na íntegra e enlouqueçam com a busca do Dr Laslowicz

September 06 2013

18:31

Fio de cor

hottea-6

O artista americano HOTTEA fez uma intervenção simples, mas com um impacto visual impressionante na passagem de pedestres da ponte Williamsburg, NY.

hottea-5

Com o nome de Rituals, a intervenção consiste em 2000 fios coloridos cuidadosamente amarrados durante 11 horas pelo artista e assistentes.

hottea-4

hottea-3

hottea-2

hottea-1

| via

August 26 2013

23:54

Casa Aberta

Open House é o mais novo projeto do artista Matthew Mazzotta: formalmente uma casa compacta, mas que se desdobra em um teatro ao ar livre com capacidade para aproximadamente 100 pessoas.

5214725de8e44ebed300006a_open-house-matthew-mazzotta_oh01-528x396

Essa intervenção pública de uso cultural e artístico foi feita a partir de restos estruturais de uma propriedade abandonada, como uma forma de reverter a perda de espaços públicos da cidade de York, no Alabama.

52147369e8e44ee1c200006e_open-house-matthew-mazzotta_oh05-528x396

Mazzotta afirma que teve a ideia para o projeto enquanto conversava com residentes da área que compartilhavam seu amor pela cidade mas também sua frustração com a perda de espaço público da comunidade, decorrente de declínio econômico, falta de recursos e infraestrutura, além do descaso e a falta de integração racial e social nos espaços de convívio.

52147556e8e44e541e000072_open-house-matthew-mazzotta__mgd9289

Dessa forma, o artista propôs transformar uma casa em ruínas em um equipamento público flexível, que quando fechado aparenta ser uma casa regular, mas quando se expande, torna-se um espaço potencializador de cultura através de performances, celebrações, shows e debates, entre outros inúmeros usos para a comunidade.

52147214e8e44e541e000070_open-house-matthew-mazzotta_birdeyes

52147350e8e44ebed300006b_open-house-matthew-mazzotta__mg_1883

Confira abaixo o vídeo desse projeto inspirador:

| via

23:18

Snarkitecture em São Paulo

Electrolux_Instalação_0013

O estúdio nova-iorquino Snarkitecture, colaboração entre o artista Daniel Arsham e o arquiteto Alex Mustonen (que já mostramos nesse post aqui), esteve na cidade para realizar duas instalações exclusivas para a feira MADE (Mercado-Arte-Design). A IdeaFixa visitou as obras e bateu um papo com Alex Mustonen.

Electrolux_Instalação_0009

Electrolux_Instalação_0006

Com curadoria de Waldick Jatobá e produção do Atelier Marko Brajovic, o Snarkitecture foi comissionado para criar duas obras, uma no Jockey Club e outra na Casa Electrolux, utilizando exclusivamente o material de refugo da fábrica da Electrolux.

Electrolux_Instalação_0001

Alex nos conta que foi disponibilizado diversos tipos de materiais, de aço a isopor. Após alguns dias de pesquisa, a dupla optou por usar um material mais leve, algumas centenas de caixas internas de refrigeradores e freezers para desenvolver as instalações.

Electrolux_Instalação_0019

“Colocado horizontalmente, esse relevo de caixas cria uma topografia única que abraça todo o espaço, e como uma nuvem que passa, muda de aparência gerando inúmeras possibilidades de sombras, a depender do ponto de observação pelo visitante.”. Percebe-se a importância do movimento sugerido por essa topografia e também a questão da luz, proporcionando uma “paleta de cores reduzida em um arranjo preciso”, como afirma Alex.

Electrolux_Instalação_0026

O arquiteto conta que o processo todo de pesquisa e desenvolvimento durou aproximadamente 6 meses e a intenção foi a de criar a partir de elementos individualmente racionais, um conjunto que revelasse fluidez e certa efemeridade. A montagem em si foi rápida, sendo que o Atelier de Brajovic serviu como “olhos e ouvidos” do Snarkitecture.

DSC_0060

A obra da Casa Electrolux se encontra em um ambiente fechado e de cores brancas, constituída de 200 elementos de refugo, enquanto que a obra do Jockey foi concebida numa área mais aberta e foi constituída de aproximadamente 250 peças.

Made1

Alex comenta que apesar de aparentemente serem obras parecidas, devido aos elementos do conjunto, a obra no Jockey apresentava momentos de movimento, uma vez que como se localizava perto da área externa, o vento contribuía na percepção da obra. Ainda mais, por estar perto da escada de entrada, o visitante era confrontado com diversos níveis do olhar: “Você podia ver de cima, e não sabia ao certo se era um chão ou um superfície…até que descia a escada e entendia a instalação.”.

Made2

03:42

Memória futurista

Conheça os monumentos impressionantes da antiga Iugoslávia, fotografados por Jan Kempenaers.

Yugoslavian-Monuments1

Yugoslavian-Monuments2

Comissionados nos anos 60 e 70 pelo presidente Josip Broz Tito, muitos dos monumentos espalhados pela região que formava a ex-Iugoslávia são memoriais da Segunda Guerra Mundial ou de campos de concentração.

Yugoslavian-Monuments3

Yugoslavian-Monuments4

Com a queda do socialismo e a desintegração da Iugoslávia, os monumentos foram consequentemente esquecidos, tendo os seus sentidos talvez esvaziados…mas como mostra Kempenaers, as esculturas ainda provocam o olhar com a sua estética futurista.

Yugoslavian-Monuments5

Yugoslavian-Monuments6

Yugoslavian-Monuments7

Yugoslavian-Monuments8

Yugoslavian-Monuments9

Yugoslavian-Monuments10

| via

August 23 2013

16:28

Piscinas x Catedrais

bohbot10

O fotógrafo francês Franck Bohbot atualmente vive em Nova York. Ele já havia mostrado um grande apreço pela arquitetura em suas séries anteriores, e agora apresenta uma bela coleção de fotos de piscinas a partir de ângulos inteligentes, que acentuam a força arquitetônica de cada um desses lugares – de uma beleza quase religiosa. Confira a série.

bohbot3

bohbot4

bohbot5

bohbot6

bohbot7

bohbot8

bohbot9

bohbot1

bohbot2

August 13 2013

19:31

Montanha na cobertura

mountain-1

Se uma reclamação comum entre vizinhos é o latido do cachorro ou uma pequena reforma, imagine morar embaixo de uma montanha em construção. Conheça a história do morador excêntrico de prédio em Pequim que tem construído uma enorme montanha na cobertura do edifício pelo últimos seis anos, sem consultar os outros residentes e nem pedir permissão para autoridades locais.

mountain-2

A “reforma” feita pelo médico residente na cobertura abrange a área total do último andar, de 1000 m². Para essa construção peculiar, ele usou um material de pedras artificiais, além de árvores e vegetação de verdade.

mountain-3

Não é preciso se esforçar muito para imaginar o quanto essa modificação perturbou os outros moradores, seja por barulho e vibrações de máquinas pesadas, vazamentos de água e o mais importante, pelo provável perigo devido ao aumento de carga a que o edifício estaria sendo submetido.

mountain-4

Os vizinhos passaram seis anos reclamando, até que atualmente conseguiram chamar a atenção das autoridades, que deram ao homem 15 dias para remover a montanha, ou isso será feito à força. Para saber mais dessa ‘reforma bizarra’, leia no South China Morning Post.

Confira abaixo uma reportagem feita pela Al Jazeera English:

| via

17:44

Túnel de LEDs

billfitzgibbonslightrails5

Conheça a instalação permanente de LEDs feita pelo artista Bill FitzGibbons na cidade americana de Birmingham.

billfitzgibbonslightrails2

billfitzgibbonslightrails3

FitzGibbons apresenta trabalhos escultóricos que lidam com luz, geralmente em espaços públicos. Em Light Rails, o artista mostra um espectro de cores  em uma passagem subterrânea formado por milhares de LEDs e 250 componentes computadorizados, que podem ser programados separadamente: “Existem 16 milhões de opções de cores nas instalações de luz, então você só é limitado pela sua imaginação.”, comenta FitzGibbons.

billfitzgibbonslightrails4

billfitzgibbonslightrails1

| via

Older posts are this way If this message doesn't go away, click anywhere on the page to continue loading posts.
Could not load more posts
Maybe Soup is currently being updated? I'll try again automatically in a few seconds...
Just a second, loading more posts...
You've reached the end.

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl